WHY Portugal: plataforma de exportação da música portuguesa marca presença em mais três certames internacionais de referência

MONKEY WEEK – 13 a 15 OUT

WOMEX – 19 a 23 OUT

BIME – 26 a 28 OUT

Depois do sucesso da comitiva portuguesa no contexto do Reeperbahn Festival, comunicado recentemente, durante o mês de outubro, a plataforma de internacionalização WHY Portugal marca presença em mais três feiras profissionais de referência na Europa, promovendo a indústria da música portuguesa nas suas várias vertentes no estrangeiro: Monkey Week, Womex e BIME.

Os três eventos são direcionados a profissionais das mais diversas áreas: management, artistas, imprensa e produtores. 


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-28-14

Site: http://monkeyweek.org

De 13 a 15 de outubro realiza-se o Monkey Week em Sevilha, festival que tem como mote “conhece hoje as bandas do amanhã”. Trata-se de uma mistura perfeita entre os conceitos de Festival, Fórum e Feira Profissional e caracteriza-se por promover a aproximação entre os profissionais das indústrias da música ibéricas.

Três bandas portuguesas marcam presença no alinhamento desta edição do Monkey Week: Cave Story, Glockenwise e Surma. Todas elas representadas pela plataforma WHY Portugal e escolhidas pela organização do Festival a partir de um lote de 20 candidatos.

Como reconhecimento da importância do trabalho que tem sido desenvolvido no âmbito da exportação da música portuguesa, a programação do Monkey Week integra, também, um debate sobre o tema com presença de Hugo Ferreira (Omnichord Records), Márcio Laranjeira (Lovers and Lollypops), Sérgio Hidalgo (Galeria ZDB) e João Rolo (A Lata Music).

Da esquerda para a direita: Cave Story, Glockenwise, Surma.


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-30-21

Site: https://www.womex.com

A 16.ª edição do Womex acontece entre 19 a 23 de outubro em Santiago de Compostela. 

Portugal estará presente, pela primeira vez, no evento que se assume como uma plataforma internacional de networking para a indústria da música mundial, com um country stand WHY Portugal, com dimensão semelhante aquele que apresentou ao mundo no SXSW deste ano.

Presentes no stand estarão as seguintes entidades: Alain Vachier Management, HM Música, 21 Music, Primeira Linha, Ocarina, Celina da Piedade, Tradisom, Roots & Rhythms, A Música Portuguesa a Gostar dela Própria, e Espelho de Cultura; com as agências UGURU e AMPLA a participar na rede WHY Portugal, com stands próprios.

É uma oportunidade única para os profissionais nacionais já que inclui uma trade fair, showcases, conferências e ainda um programa fílmico.


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-31-37

Site: http://bime.net

Realiza-se de 26 a 28 de outubro em Bilbao, norte de Espanha e assume-se como o maior encontro de profissionais da indústria da música da Europa e América-Latina.

A presença da comitiva WHY Portugal neste evento permite, assim, alargar o impacto da indústria da música portuguesa junto de profissionais de territórios mais alargados e de bastante relevo para a exportação.

Depois do sucesso da comitiva portuguesa em Hamburgo, a missão de preparação para o Country Focus Eurosonic passa também por fazer a ponte entre os managers portugueses e internacionais, num encontro que será promovido especificamente para vários profissionais de management de música no dia 26 de outubro no contexto do BIME.


Estas participações são possíveis com o apoio da Fundação GDA e o Fundo Cultural da Audiogest.