Author Image Admin

WORKSHOP AMAEI – 4 de Abril – CIM Lisboa: PLATAFORMAS DE DISTRIBUIÇÃO DIGITAL – Estratégias de maximização de rendimento

+Captura de ecrã 2017-03-28, às 12.39.19

No dia 4 de Abril de 2017 pelas 15:00, realiza-se o próximo workshop AMAEI, com o tema “PLATAFORMAS DE DISTRIBUIÇÃO DIGITAL – Estratégias de maximização de rendimento”.

A edição digital ganha terreno a cada dia que passa, tornando impreterível a necessidade de compreender como se podem e devem disponibilizar conteúdos online, de forma a maximizar o rendimento dos fonogramas editados. Desde a venda de faixas e álbuns até ao streaming, são inúmeras as empresas que oferecem serviços de distribuição digital, sendo necessário que os editores e artistas auto-editados estejam cientes dos seus direitos e das suas opções, para que possam optar pela distribuidora ou prestadora de serviços que melhor corresponde às suas necessidades. Num mundo global, onde a oferta é imensa, não é fácil compreender todas as implicações da distribuição digital. Este workshop vida lançar uma luz sobre este tema e permitir aos seus participante esclarecer todas as suas dúvidas sobre a distribuição digital das suas obras musicais.

A AMAEI – Associação de Músicos, Artistas e Editoras Independentes – está atenta às necessidades dos seus associados e da indústria da música independente em geral, dá seguimento à série de workshops iniciados no ano de 2015, de forma a continuar a dar resposta às questões e interesses de todos os intervenientes na indústria da música independente em Portugal, sempre com o intuito de profissionalizar e fortalecer a indústria. Nas sessões anteriores foram abordados temas como os Direitos de Autor, Direitos Conexos e a Internacionalização da Música Independente, com a colaboração de parceiros e convidados.

O workshop é destinado aos associados AMAEI e empreendedores do CIM (que têm acesso gratuito) e aberto ao público (mediante inscrição prévia e pagamento da inscrição) e tem lugar na Sala Multiusos do Centro de Inovação da Mouraria, Travessa dos Lagares 1, 1100-300 Lisboa.

Orador convidado: Vítor Macedo (Altafonte Portugal)

Informações úteis:
04 de Abril | 15:00
Sala Multiusos do Centro de Inovação da Mouraria (CIM)
Inscrição: 10€ | Gratuito para associados AMAEI e empreendedores CIM |
Pagamento no local
Secretariado e reservas/confirmação: 939165919 |
Todos devem reservar lugar por e-mail para ana@amaei.org até ao dia 03 de Abril às 17h.

WORKSHOP AMAEI: A Internacionalização da Música Portuguesa

 

WORKSHOP AMAEI_LISBOA_MARCO17_POSTER-01

Dia 21 de Março a AMAEI promove mais um workshop na Sala Multiusos do CIM – Centro de Inovação da Mouraria, sobre um tema vital à sustentabilidade e profissionalização da música portuguesa: a internacionalização.

Num mercado global com a Internet como ferramenta essencial de divulgação e distribuição de música, é fundamental olhar para o mercado sem fronteiras e compreender que tipo de estratégias de exportação se podem adoptar, mediante os objectivos e o tipo de música e de artistas que se pretendem internacionalizar.

No rescaldo da participação de mais de 20 artistas e de uma comitiva de muitaz dezenas de profissionais portugueses no Eurosonic, aquando do Portugal Country Focus, teremos aqui uma excelente oportunidade de perceber o impacto que este tipo de iniciativas de internacionalização têm nas carreras dos artistas nacionais. Com convidados especiais (a divulgar), esta será uma sessão de partilha de conhecimento e de apredizagem dedicada a todos os profissionais da música.

O workshop vai proporcionar uma visão global e sistematizada sobre o que se pode e deve fazer para levar a nossa música além fronteiras.

Orador: Nuno Saraiva – Presidente da AMAEI; Director Executivo da Associação Why Portugal; Editor e Publisher; Consultor de Desenvolvimento Internacional; Membro fundador do MMF; Membro da Direcção da IMPALA.

Inscrição: 10 euros
Gratuito para associados AMAEI
Inscrições e questões por e-mail para ana@amaei.org até dia 20 de Março

Local e hora: Sala Multiusos, Centro de Inovação da Mouraria na Travessa dos Lagares 1, 1100-.300 Lisboa, pelas 15h

Esperamos por vocês!

Evento no Facebook.

Esperamos por vocês!

Anunciados os nomeados para Prémio Disco do Ano IMPALA 2016

PressReleaseImage

A AMAEI anuncia que o álbum “Drifter” dos portugueses First Breath After Coma, editado pela Omnichord Records, foi nomeado para o prémio IMPALA Disco do Ano 2016.


AMAEI é a associação nacional de editores fonográficos independentes, e como associada da IMPALA – The Independent Music Companies Association –  está encarregue de selecionar o melhor disco nacional a concorrer pelo prémio de disco do ano na Europa. A IMPALA já revelou a lista de nomeados para a sétima edição do prémio IMPALA Disco do Ano. Uma vez mais, a selecção atesta a diversidade e qualidade de editoras independentes na Europa, sendo que a lista junta vinte cinco nomeações para uma representação de dezanove países.

Na lista, podem encontrar-se representantes de todos os géneros e gerações, desde os lendários Radiohead, vindos do Reino Unido, os suíços One Setence. Supervisor, conhecidos pelo seu krautpop,os incontornáveis Meshuggah, pioneiros dentro do metal progressivo, o rapper holandês Boef e a nova cara do Italo-disco Jolly Mare.

As votações para decidir quem sucederá a Jose Gonzalez e ao seu aclamado disco “Vestige & Claws” já estão a decorrer e o vencedor será anunciado no final de Março.

Eis a lista de álbuns nomeados, ordenados alfabeticamente por artista:

Agnes Obel – Citizen of Glass (PIAS)
Bisse – Højlandet (Gateway Music)
Blood Orange – Freetown Sound (Domino Records)
Boef – Gewoon Boef (Zonamo Entertainment)
Claudio Capéo – Claudio Capéo (Jo and Co)
Danny Brown – Atrocity Exhibition (Warp)
Dubioza Kolektiv – Happy Machine (PIAS)
First Breath After Coma – Drifter (Omnichord Records)
Hangutazók – Indulj El (RNC Music / Egység Média)
Highasakite – Camp Echo (Propeller Recordings)
Jolly Mare – Mechanics (42 Records/Don’t Panic)
Kase.O – El Círculo (BOA)
Klaus Johann Grobe – Spagat der Liebe (Cargo Records)
Lost Frequencies – Less Is More (Lost & Cie)
LUH – Spiritual Songs for Lovers to Sing (Mute Records)
Mark Ernestus’ NDAGGA RHYTHM FORCE – Yermande (Ndagga)
Meshuggah – The Violent Sleep Of Reason (Nuclear Blast)
Mikko Joensuu – Amen 1 (Svart Record)
One Sentence. Supervisor – Temporär Musik 1-13 (Oh, Sister Records)
Oscar – Cut And Paste (Wichita Recordings)
The Radio Dept. – Running Out of Love (Labrador)
Radiohead – A Moon Shaped Pool (XL Recordings)
Sara Renar – Tišina (Aquarius Records)
Škrtice – Škrtice (Lampshade Media)
Židrūns – Židrūns un tas, ko nevar nest (I Love You Records)

“Colocar os holofotes sobre o álbum mais excepcional do ano sempre foi a essência deste prémio. Uma vez mais, temos uma grande lista de nomeados, com novas caras e artistas independentes consagrados. Agora, cabe ao juri decidir que álbum considera o melhor de 2016”, comentou a directora executiva da IMPALAHelen Smith.

Há uma playlist com os álbuns completos, assim como uma só com os singles, disponível no Spotify para que os juízos sejam feitos também desse lado.

Álbums: https://open.spotify.com/user/impalamusic/playlist/5aopAUz9bsc6Ik3UQewbjh
Singles: https://open.spotify.com/user/impalamusic/playlist/13R4L8B9Lbmqbo3QB9Vt9h

WORKSHOP AMAEI: A Internacionalização da Música Portuguesa

WORKSHOP AMAEI: A Internacionalização da Música Portuguesa

workshop-amaei_casa-musica_janeiro17_fb-post

Dia 28 de Janeiro a AMAEI promove mais um workshop na Sala de Ensaios 10 da Casa da Música, sobre um tema vital à sustentabilidade e profissionalização da música portuguesa: a internacionalização.

Num mercado global com a Internet como ferramenta essencial de divulgação e distribuição de música, é fundamental olhar para o mercado sem fronteiras e compreender que tipo de estratégias de exportação se podem adoptar, mediante os objectivos e o tipo de música e de artistas que se pretendem internacionalizar.

O workshop vai proporcionar uma visão global e sistematizada sobre o que se pode e deve fazer para levar a nossa música além fronteiras!

Orador: Nuno Saraiva – Director Executivo da Plataforma Why Portugal, Editor e Publisher, Consultor de Desenvolvimento Internacional, membro MMF, Membro da Direcção da IMPALA.

Inscrição: 5 euros
Gratuito para associados AMAEI
Inscrições e questões por e-mail para ana@amaei.org até dia 27 de Janeiro

Local e hora: Casa da Música, Sala de Ensaios 10, pelas 15h

Esperamos por vocês!

Evento no Facebook.

Esperamos por vocês!

Workshop: Plataformas de Distribuição Digital

Como navegar as águas digitais maximizando as fontes de rendimento.

workshop-amaei_casa-musica_dezembro16_banner-300x250px

Novamente no Porto, pelas 15 horas do dia 10 de Dezembro de 2016, na Sala de Ensaios 10 da Sala da Casa da Música, teremos mais um workshop promovido pela AMAEI sobre a temática da distribuição digital.

Nos dias de hoje é impossível não considerar a distribuição digital como uma vertente importante da disponibilização e promoção de conteúdos audio e audio-visuais. No entanto são muitas as questões no que toca à rentabilidade e credibilidade das plataformas de distribuição. Perceber como funcionam é fundamental para fazer escolhas informadas no momento de assinar um contrato de distribuição digital.

A sessão é aberta ao público e tem um custo de 5€, sendo gratuito para associados AMAEI.
É obrigatório reservar lugar por e-mail para ana@amaei.org até ao dia 9 de Dezembro às 17h.

Orador: Nuno Saraiva
Presidente da AMAEI | Publisher e editor na Lusitanian | Director Executivo Why Portugal | MMF Portugal | Memebro da direcção da IMPALA.

Esperamos por vocês!

Workshop AMAEI na Casa da Música: “Direitos de Autor e Direitos Conexos: O que as editoras e os artistas auto-editados precisam de saber”

workshop-amaei_casa-musica_novembro16-prec%cc%a7oNo seguimento do sucesso do primeiro workshop promovido pela AMAEI – Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes no Porto, uma sessão que esgotou em poucos dias, a Associação avança, agora, com uma segunda edição para a qual as inscrições já estão abertas.
No dia 12 de novembro realiza-se o segundo de quatro workshops promovidos pela AMAEI na Casa da Música, Sala de Ensaios 10, pelas 10H00.
A sessão é aberta ao público e tem o custo de 5€ a pagar no local, excepto para associados da AMAEI, que têm acesso gratuito. Todos devem reservar lugar por e-mail para ana@amaei.org até ao dia 11 de Novembro às 17h, uma vez que o nº de lugares é limitado.
Agenda:
10:00h – Recepção aos participantes;
10:15h – Apresentação “Direitos de Autor e Direitos Conexos: O que as editoras e os artistas auto-editados precisam de saber” – orador Nuno Saraiva (Lusitanian Publishing / Editor / AMAEI e Why Portugal)
11:30h – Perguntas e respostas

NOVO-Mostra da nova música Portuguesa – 11/12 de Novembro na Casa do Povo em Ovar

NOVO-Mostra da nova música Portuguesa

cartaznovoNos próximos dias 11 e 12 de Novembro, Ovar será novamente palco do que há de “NOVO “ na música portuguesa, com propostas musicais de coordenadas e influências tão dispersas e desafiantes quanto soberbamente cativantes.

Esta será a 2a edição do festival que a Casa do Povo de Ovar promove em parceria com a Radio AVfm , Anexo 16 Studios e a AMAEI-Associação de músicos, artistas e editoras independentes, com o intuito de divulgar, valorizar e sobre tudo promover a nova musica Portuguesa. O objetivo é fazer do festival um evento de procura e descoberta de projetos musicais imergentes ou bandas que estejam a promover trabalhos novos e mostrá-los não só a público geral mas também a agentes culturais, programadores e imprensa especializada.

Para os músicos é uma oportunidade de serem vistos por quem os pode impulsionar. Para os restantes agentes da música é uma ocasião para tomarem nota do que se anda a fazer de NOVO no panorama musical em Portugal.

Para esta edição a mostra contará com Workshops, oficinas e 7 concertos repartidos pelos dois dias, sendo que durante toda a semana haverá pela cidade DJ Sets ao fim da tarde, espalhando musica pelos cantos e recantos da cidade, estendendo o festival para cafés, surpreender pessoas no espaço público e musicar espaços vazios.

Em suma desejamos que o “NOVO” seja um contributo de referência á promoção da nova música portuguesa, e que Ovar assuma um lugar de relevo no mapa do panorama musical nacional!

ALINHAMENTO:

http://www.novo.radioavfm.net/programa/
– 11 de Novembro | 15h00 – 01h00 | Largo dos Bombeiros Voluntários | Casa do Povo

‐ 15h00 | Programa de Rádio em direto | Largo dos Bombeiros Voluntários ‐ 22h00 |Concerto CASSETE PIRATA | Palco REMAX SPIRIT
‐ 23h30 | Concerto RATERE | Palco RADIO AVFM
‐ 24h00 | Concerto GRAND FATHERS HOUSE | Palco REMAX SPIRIT

‐ 01h00 | DJ Set | Casa do Povo

 12 de Novembro | 11h00 – 02h00 | Largo dos Bombeiros Voluntários | Casa do Povo

‐ 11h00 | Oficina da BANDA FILARMÓNICA OVARENSE | Largo dos Bombeiros Voluntários ‐ 17h30 | Concerto DAILY MISCONCEPTIONS | Palco RADIO AVFM
‐ 18hoo | WORKSHOP AMAEI- direitos conexos e direitos de autor
Inscrições até dia 7 de novembro para novo@radioavfm.net

‐ 22h00 | Concerto BIRDS ARE INDIE | Palco REMAX SPIRIT
‐ 23h00 | Concerto MISS CAT E O RAPAZ CÃO | Palco RADIO AVFM ‐ 24h00 | Concerto CLEMENTINE | Palco REMAX SPIRIT
‐ 01h00 | DJ Set | Casa do Povo

INFO GERAL:

Dias:

11 e 12 de novembro

Local:

Casa do Povo de Ovar
Largo dos Bombeiros Voluntários 87, 3880-133 Ovar, Portugal Telefones: 256 111 466 ou 933 695 243 http://www.novo.radioavfm.net/como-chegar/
Bilhetes:

  • OVAR: Rádio AVfm, Ideias & Impressão, d’Ovar Artesanato e Twelve Café
  • FURADOURO: Atelier – Artesanato

Reservas através do email: novo@radioavfm.net

programanovo

WHY Portugal: plataforma de exportação da música portuguesa marca presença em mais três certames internacionais de referência

MONKEY WEEK – 13 a 15 OUT

WOMEX – 19 a 23 OUT

BIME – 26 a 28 OUT

Depois do sucesso da comitiva portuguesa no contexto do Reeperbahn Festival, comunicado recentemente, durante o mês de outubro, a plataforma de internacionalização WHY Portugal marca presença em mais três feiras profissionais de referência na Europa, promovendo a indústria da música portuguesa nas suas várias vertentes no estrangeiro: Monkey Week, Womex e BIME.

Os três eventos são direcionados a profissionais das mais diversas áreas: management, artistas, imprensa e produtores. 


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-28-14

Site: http://monkeyweek.org

De 13 a 15 de outubro realiza-se o Monkey Week em Sevilha, festival que tem como mote “conhece hoje as bandas do amanhã”. Trata-se de uma mistura perfeita entre os conceitos de Festival, Fórum e Feira Profissional e caracteriza-se por promover a aproximação entre os profissionais das indústrias da música ibéricas.

Três bandas portuguesas marcam presença no alinhamento desta edição do Monkey Week: Cave Story, Glockenwise e Surma. Todas elas representadas pela plataforma WHY Portugal e escolhidas pela organização do Festival a partir de um lote de 20 candidatos.

Como reconhecimento da importância do trabalho que tem sido desenvolvido no âmbito da exportação da música portuguesa, a programação do Monkey Week integra, também, um debate sobre o tema com presença de Hugo Ferreira (Omnichord Records), Márcio Laranjeira (Lovers and Lollypops), Sérgio Hidalgo (Galeria ZDB) e João Rolo (A Lata Music).

Da esquerda para a direita: Cave Story, Glockenwise, Surma.


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-30-21

Site: https://www.womex.com

A 16.ª edição do Womex acontece entre 19 a 23 de outubro em Santiago de Compostela. 

Portugal estará presente, pela primeira vez, no evento que se assume como uma plataforma internacional de networking para a indústria da música mundial, com um country stand WHY Portugal, com dimensão semelhante aquele que apresentou ao mundo no SXSW deste ano.

Presentes no stand estarão as seguintes entidades: Alain Vachier Management, HM Música, 21 Music, Primeira Linha, Ocarina, Celina da Piedade, Tradisom, Roots & Rhythms, A Música Portuguesa a Gostar dela Própria, e Espelho de Cultura; com as agências UGURU e AMPLA a participar na rede WHY Portugal, com stands próprios.

É uma oportunidade única para os profissionais nacionais já que inclui uma trade fair, showcases, conferências e ainda um programa fílmico.


captura-de-ecra%cc%83-2016-10-7-as-16-31-37

Site: http://bime.net

Realiza-se de 26 a 28 de outubro em Bilbao, norte de Espanha e assume-se como o maior encontro de profissionais da indústria da música da Europa e América-Latina.

A presença da comitiva WHY Portugal neste evento permite, assim, alargar o impacto da indústria da música portuguesa junto de profissionais de territórios mais alargados e de bastante relevo para a exportação.

Depois do sucesso da comitiva portuguesa em Hamburgo, a missão de preparação para o Country Focus Eurosonic passa também por fazer a ponte entre os managers portugueses e internacionais, num encontro que será promovido especificamente para vários profissionais de management de música no dia 26 de outubro no contexto do BIME.


Estas participações são possíveis com o apoio da Fundação GDA e o Fundo Cultural da Audiogest.


Workshop AMAEI na Casa da Música: “Como Editar um Disco – Da Edição de Autor à Criação de uma Editora Independente”

workshop-amaei_casa-musica_outubro16-imagem_publicacao-eventoO próximo Workshop promovido pela AMAEI vai decorrer na Casa da Música, no Porto, no dia 8 de Outubro pelas 15:00h na Sala de Ensaios 10.
O Workshop terá o tema “Editar um Disco – da Edição de Autor à criação de uma Editora Independente” e contará com uma apresentação realizada pela AMAEI e com a presença de alguns editores independentes nacionais que partilharão a sua experiência.
A sessão é aberta ao público e tem o custo de 5€ a pagar no local, excepto para associados da AMAEI que têm acesso gratuito. Todos devem reservar lugar por e-mail para ana@amaei.org até ao dia 7 de Outubro às 17h, uma vez que o nº de lugares é limitado.
Agenda:
15:00h – Recepção aos participantes;
15h:15h – Apresentação da AMAEI
15:30h – Apresentação “Editar um Disco – da Edição de Autor à criação de uma Editora Independente” – orador Nuno Saraiva (Lusitanian Publishing / Editor / AMAEI e Why Portugal)
16:15h – Perguntas e respostas – sessão de partilha de experiências com a presença das seguintes editoras convidadas: Pedro Nascimento (Turbina), Francisco Silva (Old Jerusalem – Artista auto-editado) e outras por confirmar.

Portugal representado no Reeperbahn Festival na Alemanha

Logo_Reeperbahn_Festival_2014

Portugal representado na feira profissional e festival de música Reeperbahn

 A missão WHY PORTUGAL ao Reeperbahn Festival é simples e prevê uma mostra de quatro artistas na feira profissional e festival de música, bem como um encontro para networking aberto a todas as entidades inscritas na plataforma WHY PORTUGAL; Por outras palavras, a grande missão desta comitiva é mostrar o que de melhor se faz na indústria musical portuguesa aos investidores estrangeiros que estarão presentes em setembro na cidade alemã de Hamburgo.Foram mais de uma dezena de projetos a concorrer a partir da plataforma WHY PORTUGAL, que foi utilizada pela equipa de programação do Reeperbahn como plataforma de EPKs, sendo que os 4 seleccionados para representar Portugal no Festival foram First Breath After ComaNeevSurma e We Bless This Mess.

A participação com o desconto WHY PORTUGAL, negociado pela AMAEI, extende-se no entanto a todas as entidades nacionais que participam no projecto WHY PORTUGAL. Estas devem efectuar o registo PRO directamente com o evento Reeperbahn Festival & Conference, contactando a WHY PORTUGAL primeiro para receber o código de desconto “network rate”.

A Why Portugal é uma colaboração entre as associação AMAEI, Aporfest e MMF Portugal, e conta com o apoio da Audiogest, GDA, RTP e Antena 3.

whylogosRTP