Marco Bartner

 

Marco Brantner, nascido a 28 de Dezembro de 1979, é um compositor, produtor e cantor, natural de Caminha. Apesar de sempre gostar de ouvir música e cantar, e talvez por não ter nenhum familiar direto que fosse ligado ao mundo do espetáculo, só se apaixonou por esta arte bastante tarde. Foi aos seus 25 anos que iniciou a sua primeira banda de pop/rock chamada “Spleen Poetry”, sendo que gravou o primeiro álbum “What if…?” em 2008. O gosto pela composição e performance rapidamente se apoderaram dele e moldaram a sua personalidade. Para ser o primeiro projeto da banda conseguiram críticas muito boas por parte de algumas revistas e rádios locais e também tiveram alguns espetáculos marcantes, como as festas do Bodo em Pombal, a receção ao caloiro de Coimbra, a Festa do Artesanato de V.N. de Famalicão e de Viana, sendo tudo um reflexo da seriedade e paixão com que a banda encarou o projeto. Em 2010, por motivos pessoais, o Marco emigrou para Edimburgo, a capital da Escócia, onde viveu durante quase um ano, a estudar música e onde, também, iniciou um projeto acústico a solo. Em 2011, foi convidado para integrar, como vocalista principal, uma banda de rock n roll e tocou nos mais refinados hotéis da ilha de Rodos na Grécia. Apesar de ter sido uma experiência gratificante, que serviu para o ajudar a crescer como performer, não preencheu o seu lado criativo, motivo que o levou a regressar a Portugal e editar o seu primeiro álbum a solo “Truck without wheels”. Nessa época manteve contato com a sua atual esposa, Evita Barbiaux, uma animadora Belga que conheceu na Grécia. Acabaram por iniciar uma relação a nível pessoal e profissional, sendo que a Evita se juntou como cantora nos espetáculos de promoção ao álbum. A química e sucesso foram tais que só faria sentido iniciar um projeto em conjunto, sendo este o nascimento do atual projeto do Marco, a banda de pop/rock “Brantner”. Em 2014 gravaram o primeiro álbum intitulado “You can’t be waiting” e apresentaram-se ao vivo em vários palcos Portugueses e na Galiza, sendo talvez de destacar a sua presença no mítico Festival de Vilar de Mouros. No presente preparam um novo álbum e digressão de espetáculos, sendo os “Brantner” o projeto no qual Marco Brantner, investe toda a sua criatividade e talento como produtor, compositor e músico.