AMAEI

 unnamed (2)

Residências Artísticas, Conferências PRO, Talks, Showcases, Concertos.
Tudo isto num festival que concentra em três dias, de 14 a 16 de abril, grande parte da sua atividade.

Serão dias preenchidos em Guimarães, sempre ao som da música que vai nascer do encontro de vários artistas que aqui se juntam para criar. Criar é o verbo.

Um festival inovador e ousado que se fundamenta em três pilares basilares: processo, pensamento e produto.
Nesta terceira edição, o cartaz apresenta grandes nomes, nacionais e internacionais, para se discutir e fazer música.

O Westway LAB está de regresso para mais uma edição do festival que gira em torno da criação musical e da discussão de desafios relacionados com a indústria. De 06 a 15 de abril, o Centro de Criação de Candoso acolhe as Residências Artísticas que juntam vários artistas, das mais variadas nacionalidades e estilos, num projeto singular de criação cujo resultado é depois apresentado em Showcases no Café Concerto do CCVF.

Ao longo dos três dias de festival (14 a 16 de abril) decorrem, no Palácio Vila Flor, as Conferências PROque apresentam uma forte componente programática em torno da gestão musical. No âmbito destas conferências, o Westway LAB orgulha-se de apresentar duas palestras de figuras de relevo na indústria da música independente internacional: Charles Caldas, da MERLIN, e Helen Smith, da IMPALA. Painéis sobre novos festivais de música europeus, direitos musicais, edição de música e o trabalho de supervisão musical em trabalhos audiovisuais, assim como debates sobre diversos tópicos de interesse compõem a ordem de trabalhos das Conferências PRO para a edição deste ano.

As Talks estão também de regresso e representam uma das atividades mais acarinhadas por serem um momento para conhecimento mútuo entre os artistas e o público da cidade num ambiente informal e descontraído. Estas iniciativas decorrem nos dias 14 e 15 de abril, às 18h00, no restaurante Cor de Tangerina (dia 14) e no mítico Tio Júlio (dia 15).

 


Screen shot 2015-06-03 at 12.40.53 PM

A AMAEI no Centro de Inovação da Mouraria

A AMAEI tem, desde dia 29 de Maio, um posto de trabalho no novo Centro de Inovação da Mouraria.

O Centro de Inovação da Mouraria / Mouraria Creative Hub é a primeira incubadora de Lisboa a apoiar projetos e ideias de negócio das industrias criativas, em especial nas áreas de Design, Media, Moda, Música, Azulejaria, Joalharia, entre outras.

Convidamo-vos a visitar o espaço e o trabalho da AMAEI! Basta enviar um e-mail ou ligar para marcar a visita. Esperamos por si!

 

 


A AMAEI, Associação Profissional de Músicos Artistas e Editoras Independentes em Portugal, é uma Associação Profissional Fonográfica que reúne os Produtores Fonográficos Independentes em Portugal, sejam eles editoras independentes ou músicos artistas auto-editados. A AMAEI é associada da WIN e da IMPALA.

Defender, unir, organizar e promover o sector da música independente nacional, tanto em Portugal como no estrangeiro, é a nossa missão.